Tiroteio entre homens armados e policiais militares termina com dois suspeitos mortos na Região Metropolitana de Salvador

  • 21/05/2024
(Foto: Reprodução)
Ação aconteceu na localidade conhecida como 'Dona Lindu', em Lauro de Freitas. Grupo pretendia confrontar rivais na 'Vila Verde', comunidade em que moradores deixaram casas por causa da violência. Policiamento segue reforçado e transporte público está suspenso em bairro de Salvador Uma troca de tiros entre homens armados e policiais da Rondesp Atlântico terminou com dois suspeitos mortos na segunda-feira (21), na localidade conhecida como "Dona Lindu", na cidade de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador. 📱 NOTÍCIAS: faça parte do canal do g1BA no WhatsApp Segundo a Polícia Militar, as equipes da Rondesp Atlântico participavam da Operação Força Total, quando foram até a região verificar informações de que um grupo armado da localidade havia se reunido para promover ataque criminoso contra a facção rival na localidade conhecida como "Vila Verde". A comunidade da "Vila Verde" fica localizada na Avenida Aliomar Baleeiro, conhecida popularmente como "Estrada Velha do Aeroporto", na capital baiana. As diversas trocas de tiros na região fizeram moradores deixarem as suas casas. A situação também fez com que policiais militares ocupassem a região 24 horas para devolver a sensação de segurança para as pessoas. Homens armados e policiais da Rondesp Atlântico trocaram tiros na segunda-feira (21), na localidade conhecida como "Dona Lindu". Reprodução/Redes Sociais Moradores deixam casas e comunidade em Salvador é ocupada pela polícia após intensos tiroteios entre facções A Polícia Militar informou que ao chegarem na localidade de "Dona Lindu", na RMS, os policiais trocaram tiros com os suspeitos, que tentavam fugir na direção de alguns prédios. Ao entrar em um dos apartamentos, houve um novo confronto e dois suspeitos foram baleados, socorridos e levados ainda com vida ao Hospital Menandro de Faria, onde não resistiram aos ferimentos. Coma dupla, foram apreendidos: Uma pistola calibre .380, restando seis cartuchos; Um revólver com numeração suprimida, quatro estojos deflagrados e duas munições intactas; 41 pinos de substância análoga à cocaína; 39 porções de substância análoga ao skank, droga conhecida como "supermaconha"; R$ 130 em espécie; Um smartphone. Situação na 'Vila Verde' Policiais apagaram siglas de facções pintadas nas paredes das casas Reprodução/TV Bahia As diversas trocas de tiros da localidade de Vila Verde, entre os bairros de Mussurunga e São Cristóvão, em Salvador, têm feito com que moradores deixem as suas casas. A situação fez com que policiais militares ocupassem a região 24 horas para devolver a sensação de segurança para as pessoas. Em reportagem da TV Bahia, uma das donas dessas casas contou que viveu em Vila Verde por 28 anos, mas decidiu sair por causa da sensação de insegurança. "Eu sempre vivi bem aqui. Infelizmente, em lugar nenhum na Bahia a gente se sente seguro. Aliás, não é só aqui na Bahia, o mundo inteiro está assim", disse a ex-moradora. "Eu amo meu bairro, mas fazer o que? Quem tem Deus tem que olhar para frente e seguir", lamentou a mulher, que segurava sacos com roupas enquanto deixava o local. O cenário na Vila Verde é de casas com portas abertas e sem habitantes. Em algumas delas é possível ver janelas quebradas, móveis, roupas e fotos abandonadas, além de marcas de tiros nas paredes. Para "marcar território", integrantes das facções criminosas escreveram siglas que representam os grupos nas paredes das casas. Nesta sexta-feira, além de ocupar a localidade com viaturas, equipes da 49ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) apagaram os dizeres. Além de casas e estabelecimentos comerciais, a localidade tem vários matagais, que muitas vezes são usados por criminosos durante tiroteios. A região também convive com suspensões de serviços básicos. Na sexta (17), com a ocupação feita pelos policiais, os ônibus do transporte público circularam normalmente pelo local. No entanto, os rodoviários deixaram de entrar em Vila Verde algumas vezes nas semanas anteriores. Por causa da situação de insegurança, 226 crianças que estudam da Escola Laura Sales estão sem aulas. A Secretaria Municipal de Educação (Smed) informou que não há um prazo para o retorno das atividades. Vila Verde foi ocupada por policiais militares Reprodução/TV Bahia Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻

FONTE: https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/2024/05/21/troca-de-tiros-entre-homens-armados-e-policiais-militares-termina-com-dois-suspeitos-mortos-na-regiao-metropolitana-de-salvador.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 5

top1
1. Daqui Pra Sempre

Manu Bahtidão

top2
2. Desejo Imortal

Gusttavo Lima

top3
3. Dois Fugitivos

Simone Mendes

top4
4. Narcisista

Maiara e Maraisa

top5
5. Solteiro Forçado

Ana Castela

Anunciantes